Ir para o conteúdo

VOCÊ TEM
MAIS
DE 18 ANOS?

ESTE CONTEÚDO
É INDICADO SOMENTE
PARA ADULTOS,
MAIORES DE 18 ANOS

Philip Morris Brasil


Cláudia

Essa arquiteta adora os clássicos - filmes, livros, músicas e dança - toca piano e procura sempre que possível dar apoio a famílias carentes.

Cláudia

Essa arquiteta adora os clássicos - filmes, livros, músicas e dança - toca piano e procura sempre que possível dar apoio a famílias carentes.

“Um famoso arquiteto uma vez disse que a arquitetura fala do seu tempo, mas deve ser atemporal. Acho que essa frase resume bem quem eu sou e do que eu gosto.

Explico. É que eu sou apaixonada pelos clássicos tenham eles 500 ou 50 anos de idade. Podem ser filmes, livros, músicas, artes plásticas, dança e, claro, arquitetura. São peças que marcaram uma época, mas sua beleza é sempre atual.

Quer ver um bom exemplo disso? O piano que eu amo tocar. Criado lá pelo ano 1.700, foi usado desde a música erudita até a Bossa Nova, passando pelo Jazz, Rock e o Pop. Também me preocupo em ajudar os outros, já faz um tempo que apoio ONGs que procuram melhorar as condições de vida de famílias em situação de vulnerabilidade social.

Mas na vida também tem coisas que a gente não ama, como quando nos criticam sem nem ouvir a nossa opinião. É o que acontece quando acendo um cigarro. Eu gostaria de mudar para uma alternativa melhor, mas hoje só posso ter acesso a uma das piores opções para fumar que existe, que é o cigarro.”

Voltar
Compartilhe essa história Email Linkedin Facebook twitter

POR QUE OS FUMANTES
PRECISAM SER OUVIDOS?

Em programas de televisão, no rádio, nos jornais, na internet, nas redes sociais, em Brasília, entre rodas de familiares, estudiosos e ativistas: todo mundo tem uma opinião sobre o cigarro e sobre os novos dispositivos eletrônicos para fumar. Mas, pela primeira vez, alguém está perguntando aos adultos que continuam fumando qual a opinião deles sobre a falta de acesso no Brasil a algumas das alternativas existentes em outros países. Conheça algumas dessas pessoas.